Aulas de contratação com Elon Musk

Elon Musk é referenciado como um dos maiores visionários dos nossos tempos. A maioria dos empreendedores luta para tirar proveito de cada pequena oportunidade que existe no mundo mas Musk tem ideias tão grandiosas que podem mudar a humanidade drasticamente.

Ele participou da fundação ou esteve intimamente envolvido em empresas como PayPal, Tesla, SpaceX, SolarCity e Neuralink. De acordo com pessoas que trabalharam com Musk de perto, ele se envolve nas operações cotidianas de cada uma das empresas que lidera, incluindo nas contratações.

O que se diz é que ele se empenha para entrevistar todo mundo que a SpaceX traz para o time e teve uma abordagem similar durante seu tempo no PayPal. Isso nos faz questionar: o que uma das pessoas mais inteligentes do mundo busca quando está contratando?

Nós pesquisamos na internet para encontrar entrevistas que dão um insight para a filosofia de contratação de Elon Musk.

Quais problemas o candidato resolveu

Em 2014, em uma entrevista para a AutoBild.tv, Musk deu a seguinte resposta quando o perguntaram para quais skills ele olha quando está contratando:

“O que eu realmente estou procurando é por evidências de habilidades excepcionais. Eles enfrentaram problemas realmente difíceis e conseguiram superá-los? E claro, você quer ter certeza se houveram conquistas significantes, se eles foram realmente responsáveis ou teve alguma outra pessoa responsável. Normalmente alguém que realmente sofreu com um problema entende ele e não esquece.”

Dada a complexidade dos desafios que as empresas de Musk enfrentam, não deveria ser uma surpresa que ele busca por pessoas com habilidades de resolver problemas. O que é interessante, no entanto, é que ele vai um pouco mais fundo para garantir que o candidato realmente foi quem encontrou soluções nos empregos anteriores.

Ele avança dizendo que faz perguntas detalhadas para ajudar ele a aprender como o problema foi encontrado e como a solução acabou remediando.

Pode parecer impressionante quando pessoas falam sobre conquistas em entrevistas de emprego. Mas é ainda mais impressionante quando elas podem te descrever os obstáculos que estavam enfrentando, a ideia que desenvolveram para enfrentá-los, e os resultados positivos que surgiram.

 

Um diploma de faculdade não necessariamente importa

 

Na mesma entrevista, Musk deu a seguinte resposta quando perguntado sobre a importância de uma graduação:

“Não é nem necessário ter um diploma… Se você olhar para pessoas como o Bill Gates, Larry Ellison, ou Steve Jobs, esses caras não se formaram na faculdade.”

Ele reitera que está procurando por pessoas com “habilidade excepcional”. Enquanto conquistas que aconteceram na faculdade podem evidenciar isso, experiências de vida podem também.

Uma história do Quora, de um antigo estagiário da SpaceX, prova que Musk se importa muito com as conquistas acadêmicas de uma pessoa. O jovem estava para se encontrar com Musk para estender seu estágio e pensava duas vezes se listava seu background acadêmico no currículo ou não. Musk nunca percebeu o detalhe e eventualmente falou ao estagiário, “você está aqui já faz um tempo e não estaria se não fosse bom. Você teve muitas pessoas que garantiram isso.”

 

Não contrate babacas

 

Durante uma entrevista com o The Henry Ford, Musk trouxe um insight leve do que procura quando encontra um candidato: “Geralmente, eu procuro por uma atitude positiva… É muito importante gostar da pessoa com quem você trabalha, caso contrário, seu trabalho irá ser um tanto quanto miserável.”

Ele continua dizendo que pessoas foram demitidas da SpaceX por serem difíceis de se trabalhar. Ser um bom membro do time é uma requisição de trabalho comum, mas é interessante que uma empresa que busca pelas mentes mais brilhantes tenha uma política anti-babacas.

Você pode literalmente ser um rocket scientist mas Musk não vai ter interesse em te contratar se ele sentir que você pode ser rude com seus colegas. Isso serve para mostrar que um ambiente de trabalho colaborativo está presente em quase todas em empresas de sucesso.

 

Dê ao candidato uma oportunidade de provar o seu valor

 

Por mais que se esforce, lute para contratar pessoas amigáveis. Ele é conhecido por ser uma pessoa intimidadora para fazer entrevistas. Dizem que ele irá aparentar desinteresse e fazer perguntas curtas e pontuais.

Marissa Peretz participou de uma entrevista com ele, para uma posição de recrutamento na Tesla, e disse que suas perguntas são feitas para dar ao candidato a oportunidade de mostrar o seu valor. Em uma entrevista com a Business Insider, ela contou que um dia Musk a perguntou, “o que te faz a pessoa certa para compor a minha empresa? Por que eu deveria confiar em você?”

Peretz não interpretou a pergunta de modo que a entrevista tivesse dado errado. Ela viu isso como uma oportunidade de fazer um pitch pessoal e dar um apanhado geral sobre sua habilidade de desempenhar a função.

 

Musk faz a controversa pergunta-charada

 

Por um curto período de tempo, charadas eram populares em entrevistas de emprego. Elas foram popularizadas pelo Google mas a empresa eventualmente parou de utilizá-la depois de perceber que sua inefetividade.

Mesmo que esse tipo de ergunta tenha caído de moda, Musk ainda é conhecido por fazer essa pergunta-charada durante as entrevistas:

“Você está em pé na superfície da Terra. Você caminha uma milha para o sul, uma milha para o oeste e uma milha para o norte. Você acaba exatamente onde começou. Onde você está?”

De acordo com a Popular Mechanics, o polo norte é a resposta mais comum, mas o polo sul também é uma solução.

O propósito desses tipo de perguntas não é necessariamente medir a inteligência do candidato vendo se ele dá a resposta certa. Ao invés disso, você capta uma ideia da sua habilidade de resolver problemas observando como eles chegam a uma solução. Mas Musk está fazendo um pouco dos dois quando faz essa pergunta. Ele quer ver se o candidato pensa sobre o problema de todos os ângulos e traz ambas as respostas óbvias e obscuras.

Enquanto há muito o que aprender com Musk sobre contratações, nós recomendamos que você tenha uma boa razão para incluir uma pergunta-charada nas entrevistas da sua empresa. Elas podem ter benefícios se você procura por um perfil analítico. Mas para outras posições é melhor se valer de perguntas sobre experiência, skills e responsabilidades.

 

Contrate os Melhores desenvolvedores na GeekHunter

 

Esse conteúdo foi traduzido e adaptado pela GeekHunter.

Link original: https://recruiterbox.com/blog/hiring-lessons-from-elon-musk/
Traduzido por: Cecilia Schmitz

Veja também

Comentários

comentários