Skip to main content
Como automatizar seu processo de seleção

Guia prático para automatizar e bombar o seu processo de recrutamento

Se o mundo corporativo está cada vez mais digital, os recursos utilizados para atrair talentos também têm que seguir essa ordem evolutiva. Conheça as ferramentas e plataformas mais poderosas segundo especialistas que aplicam com sucesso o chamado hunting inteligente.

E aí, em meio àquela nova busca para identificar o melhor talento para uma vaga, você se dá conta de que o seu processo de recrutamento ainda se baseia no tripé (jurássico) Excel-telefone-email.

A essa altura, grande parte dos seus colegas de profissão aflição não tem mais dúvida: mudar já não é uma opção, mas uma urgência urgentíssima.

No post Hunting descomplicado: 5 dicas para tornar mais eficaz a busca por desenvolvedores, adiantamos as vantagens de otimizar o tempo investindo em inteligência. O problema é que, muitas vezes, fica difícil saber por onde começar a investir na automatização dessa tarefa.

Como identificar quais recursos realmente vão otimizar a prática do hunting e garantir resultados mais eficazes? Qual seria um kit básico de recursos inteligentes para alavancar a busca pelos melhores talentos?

Fomos atrás de todas essas resposta e produzimos um guia prático para a automatização do seu processo de recrutamento. São indicações de ferramentas e plataformas, sugestões de leitura e até tutoriais de alguns itens indispensáveis no dia a dia de quem decidiu rever as técnicas de hunting, cansou das velhas práticas e jogou para a esfera digital uma série de etapas.

Atenção, cidadão digital, o texto a seguir traz cenas fortes de um RH analógico

Até 1985, quando surgiu o Excel, a palavra “planilha” significava algo bem diferente: um monte de folhas quadriculadas de papel, onde manualmente (!) se armazenavam dados. Qualquer mudança feita em uma das linhas ou colunas, e lá vinha a maior dor de cabeça: tudo tinha que ser apagado, preenchido de novo, recalculado zzzzzz Chance de erro? Enorme! Não bastasse essa tensão toda, o RH também tinha como missão organizar aqueles imensos arquivos de ferro que engoliam toda essa papelada, mantendo a confusão sob aparente controle.

Quando o pessoal da gestão de pessoas não estava ocupado preenchendo as tais planilhas, é porque estava empenhado, por exemplo, em comprar anúncios em jornais impressos ou, num passado não tão distante, até em produzir cartazes indicando vagas.
Sim, era um trabalhão chegar a qualquer candidato. Acessar o perfil ideal, então, uma verdadeira loteria! E dá-lhe fazer pré-seleção das pilhas de currículos impressos recebidos; marcar entrevistas presenciais; agendar testes psicotécnicos…

Ser um bom RH, nesta época, era realmente um desafio para poucos.

E, como desgraça pouca é bobagem, é bom lembrar que já foi pior. Matéria da Harvard Business Review, muito citada em estudos sobre a evolução do RH, já dizia em 1999:

“Contratar bons profissionais é um desafio há mais de dois mil anos. A primeira tentativa de selecionar pessoas de maneira científica data de 207 A. C., quando os funcionários da dinastia Han, na China, criaram uma longa e detalhada descrição de cargo para funcionários públicos. Mesmo assim, poucas contratações foram satisfatórias.”

Incrível como ler isso faz a gente se sentir melhor, não? 😊

O tempo passou, o mundo corporativo continuou a sua escalada rumo à modernização e o conceito de planilha, é claro, também mudou. Veio a planilha eletrônica, um programa de software que calcula automaticamente, armazena dados, gera gráficos. “Só isso?”, perguntaria um profissional de hoje. Pois é… o RH precisava de bem mais inteligência do que isso.

E fez-se a inteligência no RH!

Abrimos a caixinha de primeiros socorros do RH digital e pinçamos alguns itens de inteligência obrigatórios para quem quer agilizar e tornar mais eficiente a identificação e atração dos melhores.

Trello

Uma superferramenta para organizar os seus to-dos. A história da gestão de projetos pode ser dividida em a.T d.T – antes e depois do Trello <3.

É uma verdadeira unanimidade porque você tem na sua frente, numa interface bem amigável, a visão de todo o processo, do início ao fim, etapa por etapa. Para recrutamento, é uma festa: dá para direcionar tarefas personalizadas para cada candidato, movê-los pelas colunas, de acordo com o estágio em que se encontram, e ainda permite adicionar seus colegas de trabalho para que eles acompanhem o processo.

Separamos um tutorial (em inglês): Trello Basic Training Tutorial for Managing Projects and Tasks

De Lisa Jones, consultora em recrutamento:
“Se o Trello fosse homem, eu casaria com ele!”

Googles docs

Ok, que o Excel é uma mão-na-roda; transformou as planilhas estáticas de papel em verdadeiras máquinas automatizadas de dados, mas o Google Docs trouxe um grande repertório de avanços.

Nele, você pode acessar documentos e também planilhas, onde quer que esteja – em casa, no trabalho, no metrô – e ainda pode ter candidatos fazendo upload de arquivos em pastas criadas e compartilhadas. Como a edição é feita automaticamente, a cada inserção de novo dado, você está sempre com a última versão do arquivo.

Chega de baixar o documento final_final de verdade_ultima versão_agora_foi e se embananar todo para saber qual é afinal o arquivo que vale.

Tutorial do Canaltech: Como usar o Google Docs

De Ian Jones, PCWorld EUA:
“O Google Docs é conveniente, barato e compatível com praticamente qualquer plataforma, tornando a colaboração incrivelmente simples”.

Redes Sociais

Programe as suas postagens de vaga em mídias sociais, como o LinkedIn, Twitter e fan-page da empresa. Está é uma ferramenta que não pode ser menosprezada quanto ao seu poder de disseminar informações para nichos específicos.

Ao fazer um anúncio para redes sociais, lembre-se de colocar com precisão o tipo de profissional desejado, as principais expectativas da empresa em relação a ele e o ponto de contato – um email ou link para cadastro em eventual site de recrutamento. Monitore o que é postado e compartilhado na vaga. Ótimos insights podem vir dali.

Da consultora em recrutamento e seleção, Mariciane Gemin:
“As redes sociais certamente ajudam em uma avaliação inicial e em uma busca mais rápida e objetiva de um perfil profissional”.

Gostamos deste guia para uso de mídias sociais em recrutamento: How to Use Social Media to Find Employees

Agendas Online

Nada como começar o dia com uma visão precisa do que está por vir, na sua semana de recrutamento. Use e abuse dos calendários online – como o Outlook calendar ou Google calendar; deixe tudo bem especificado lá, separe por cores as prioridades ou assuntos; tenha a certeza de que todos os que interessam foram alertados da agenda; programe alertas para a busca de candidatos, para fazer o follow up, as entrevistas, reuniões com equipe de recrutamento.

O bacana é que muitas vezes dá para sincronizar com o smartphone e garantir que os lembretes cheguem na sua tela.

Slack

Espírito colaborativo, teu nome é Slack! Imagine ter todo mundo em contato em tempo real, divididos por equipes ou temas. As mensagens importantes chegando apenas aos interessados.

É um presentão para recrutadores. Menos envio de e-mails, menos reuniões e mais ação! É sair da zona de conforto e jogar-se em uma experiência totalmente nova de integração.

Vídeo divulgação do Slack

De Oscar Mager, especialista em aquisição de talento:
“O Slack elevou o conceito de trabalho colaborativo a outro patamar”.

SurveyMonkey

O SurveyMonkey é também um dos queridinhos dos recrutadores. Permite fazer pesquisas online para já ajudar na pré-seleção. É quando você já pode aproveitar para fazer perguntas que vão direto ao ponto: o candidato topa viagens? qual é a expectativa salarial? qual é a disponibilidade? quais são as linguagens que domina?

Fácil de usar e grátis!

Webinar sobre o uso de ferramentas como o SurveyMonkey

GeekHunter

Recrutadores, curvai-vos! O Geekhunter conecta empresas e candidatos por meio de uma plataforma inteligente capaz de acelerar em até 40% o trabalho de atração e seleção de candidatos.

Pegue um pouco de cada vantagem das ferramentas online citadas anteriormente como as preferidas por quem faz hunting e você terá o Geekhunter: a organização de um Trello, a facilidade de acesso e compartilhamento de dados de um Google docs; o alcance das redes sociais; o teor colaborativo do Slack; a capacidade de pré-seleção do SurveyMonkey… Tudo isso em uma única solução inteligente, que basicamente funciona assim:

➡ As empresas podem criar perfis empresariais com vídeos, fotos e descrições da empresa. Enquanto isso, os candidatos incluem os seus perfis com todas as infos automaticamente importadas do Linkedin.

➡ As empresas têm acesso ao conjunto informações dos melhores candidatos pré selecionados através de testes de lógica e programação, além de um vídeo entrevista, e podem selecionar perfis de acordo com os filtros determinados pelo usuário.

➡ No ambiente da plataforma, são feitos os convites de entrevista e todo o acompanhamento do processo seletivo através de uma ferramenta de gestão de talentos totalmente flexível e personalizada chamado GeekFlow.

➡ Para criar um canal de negócios escalável e diferenciado, preparado para fazer frente a qualquer tipo de agência/site de recrutamento ou head hunter, o sistema utiliza inteligência artificial para criar um aprendizado contínuo, vinculando as informações de cada perfil de candidatos aprovados com as necessidades específicas de cada empresa, criando um sistema de recomendações inteligente que gera notificações semanais com os perfis mais indicados para cada oportunidade da empresa.

➡ Apesar de focarmos em ferramentas e tecnologia, outra coisa que também é destaque na GeekHunter, e serve de suporte para potencializar um processo seletivo ainda melhor, é a sua equipe. A Empresa conta com áreas de suporte e Customer Success que buscam exaustivamente por soluções rápidas e eficazes para atender as suas principais necessidades.

O que falam sobre a GeekHunter:

De Beatriz Gil, HR Business Partner no Mercado Livre
“A equipe de CS e gestão não poupou esforços em fazer um atendimento personalizado e que atendia às necessidades do Mercado Livre. Trabalharam como parceiros e atingimos os objetivos acordados no início.”

De Fernanda Martins Drudi, Analista de Recursos Humanos Sr na Neo.IT
“Tivemos uma excelente experiência com a GeekHunter, desde o início nos deram o suporte necessário para encontrarmos os profissionais que precisávamos, como também indicações de profissionais. Sempre muito ágeis e atenciosos, nos atendendo prontamente toda vez que eu precisei. Com certeza voltaremos a contratar com a GeekHunter. Recomendo!”

Que tal rever suas ferramentas de recrutamento, concentrar esforços em uma única solução inteligente, cortar pela metade o tempo de triagem dos seus candidatos,  e ter a certeza de já iniciar o processo com uma pré-seleção só com os top 5% dos candidatos?

Além disso, criamos um outro conteúdo sensacional com diversas dicas para te ajudar a recrutar o programador certo para o seu time de tecnologia.


Contrate os Melhores desenvolvedores na GeekHunter

Veja também

Comentários

comentários

Cancelar