Skip to main content

O que muda para desenvolvedores com o novo iOS 10

A Apple Worldwide Developers Conference é o evento mais esperado do ano para desenvolvedores e entusiastas da empresa. Diversos lançamentos agitaram a semana como a nova versão do sistema operacional da maçã, renomeado para macOS, novidades para TV e Apple Watch. Um dos mais antecipados é o novo iOS 10, a mais nova atualização do sistema operacional dos iPhones, anunciado como o maior release para a plataforma já lançado.

As principais mudanças do sistema para desenvolvedores e como tirar vantagem dos novos recursos você confere nesse post especial que preparamos.

Apple Kits

A Apple parece querer apagar sua reputação de ‘fabricante de caixas-pretas’ do século passado, com Hardware e Software construídos minuciosamente pelos engenheiros da empresa. A conferência desse ano foi bastante focada nos desenvolvedores independentes e na importância dessa parceria para o sucesso de seus sistemas.

A empresa demonstra confiança nesse relacionamento através das novidades anunciadas para desenvolvedores esse ano. Com o novo iOS 10, os devs poderão interagir diretamente com aplicativos nativos do sistema, tirar vantagem de tecnologias proprietárias em seus aplicativos e desenvolver aplicações complexas escrevendo menos código, com o Swift.

APIs como o HealthKit, HomeKit foram melhorados, assim como em mais baixo nível os já conhecidos UIKit, GameKit, SceneKit e mesmo o Foundation framework receberam alterações significativas. Os maiores impactos em aplicações antigas ficam por conta do disparo de notificações, que foi removido do UIKit e transferido para um novo framework de UserNotifications, e pela reformulação de algumas classes do CloudKit.

Outras APIs e frameworks foram adicionados, como o CallKit (voltada para apps que fazem uso de VoIP), o SiriKit e uma API de reconhecimento de voz, uma para o Messages App, para o Maps e uma de notificações para a nova lockscreen remodelada. A Apple aposta na criatividade dos desenvolvedores abrindo funcionalidades nativas e poderosas para criar experiências mais fluidas para o usuário.

Siri para Desenvolvedores

Mais do que abrir um aplicativo, o novo SiriKit dá a possibilidade de criar extensões e permitir que as requisições feitas através da assistente interajam diretamente com seus Apps através de Intents. Por enquanto, o recurso é limitado para certos domínios, como chamadas, mensagens, pagamentos, busca de fotos (recurso que também foi bastante aprimorado neste lançamento), apps de transporte e exercícios.

Já existe um Guia de programação com o SiriKit que desmistifica o novo tipo de requisição, exemplifica como criar um vocabulário específico e criar interfaces diretamente de resultados da Siri. É um grande salto para massificar o acesso a algoritmos avançados de inteligência artificial e reconhecimento semântico, e com o detalhe de usar computação local para preservar a segurança dos usuários.

Integrações com o Maps

Um dos objetivos do iOS 10 é aumentar a produtividade do usuário. Com as extensões para o Maps, o desenvolvedor pode oferecer seu serviço sem sair do mapa. Se beneficiam, por exemplo, apps de restaurantes que podem oferecer reservas de mesas mesmo antes de chegar ao destino, ou apps de carona podem oferecer um carro sem precisar trocar de aplicativos.

A interação também acontece através de Intents, assim como na Siri, e permite desenvolver interfaces específicas através das IntentUI. No Maps também há a limitação dos tipos de aplicativos que podem utilizar o recurso, mas a funcionalidade oferece uma maior visibilidade a negócios locais.

Mensagens e Ligações

mensagemDuas áreas que também foram liberadas pelo sistema para desenvolvedores foram o app nativo de mensagens e a lockscreen para ligações. No primeiro, é possível criar extensões que rodam diretamente na tela do mensageiro, com suporte a pagamentos pela Apple Pay, diferentes tipos de mídia, ou criar bancos customizados de Stickers.

Também há um Guia completo explicando a nova lifecycle das Extensions, Mas se você pensa em criar experiências sofisticadas direto do Messages, pode diminuir as expectativas. As App Extensions dependem de um App ‘host’ e não conseguem acessar objetos sharedApplication, nem a câmera ou microfone do dispositivo.

Para aplicações de VoIP, agora é possível usar o novo CallKit e criar experiências mais ricas, utilizando a lockscreen nativa do telefone, além de gerenciar os contatos desses Apps no próprio app nativo Phone.

Swift como primeira opção

Depois do lançamento da linguagem a Apple vem estimulando desenvolvedores a fazer a mudança e adotar o Swift em seus projetos. O Swift Playgrounds busca introduzir noções de programação a futuros desenvolvedores mirins. Para os adultos, o incentivo pode vir da marca de mais de 100.000 aplicativos lançados usando Swift, além de ser o projeto de linguagem OpenSource mais acessado no GitHub.

Mais simples de ler, mais rápido, recente e seguro do que o Objective-C, o Swift é a aposta principal para o futuro, e decididamente o ponto de partida de qualquer desenvolvedor mobile que queira começar a fazer aplicativos nativos em iOS.

Se você é entusiasta e quer ficar por dentro das novidades, o download da Developer’s Preview já está disponível. O XCode 8 incorpora o SDKs do novo iOS10, macOS, tvOS e watchOS. O que você achou das novas funcionalidades? O que esperar dos Apps nesta segunda metade do ano? Deixe seu comentário e não perca mais novidades como essa.

Entre para a elite de desenvolvedores

Veja também

Comentários

comentários