Skip to main content

Luz, câmera, ação: vídeo nota 10

Vamos trazer nesse post boas notícias e más notícias. A boa notícia é que a maioria dos candidatos (incluindo seus competidores) são terríveis em entrevistas usando vídeos. A má notícia é que você pode estar no mesmo barco – mas não por muito tempo.

Para brilhar nas entrevistas por vídeo são exigidas algumas habilidades que vão além das melhores práticas das entrevistas tradicionais.

Atualmente mais e mais empresas estão usando entrevistas por vídeo em alguma das etapas do processo de contratação. Você provavelmente participará de uma entrevista por vídeo em um futuro próximo.

Sabemos que o aspecto visual é muito importante para a formação da primeira impressão. Muitas pessoas sentem-se confortáveis com a ideia de gravar um vídeo, porém outras entram em pânico com a ideia – são os vídeo fóbicos.
Com alguns procedimentos básicos e um pouco de conhecimento sobre o equipamento e o processo, seu resultado pode melhorar drasticamente na sua apresentação por vídeo.

Neste guia iremos exemplificar vários aspectos para a preparação de um vídeo bem elaborado, conseguindo assim o melhor resultado. Serão abordados fatores técnicos, verbais e não verbais. Na sequência alguns pontos chave para você criar um vídeo incrível.

 

Contato visual olhos nos olhos

 

Todos sabem da importância de ganhar a confiança através do contato visual, ou seja, olhando nos olhos do entrevistador. Isso é muito mais difícil de conseguir através do vídeo.

Quando você está criando um vídeo, seus olhos tendem a focar unicamente um ponto, seja da sua webcam ou do seu celular. Dependendo da distância e do posicionamento, você pode aparentar estar olhando para longe ou para baixo.

Outro problema é que manter a câmera e a sua imagem o tempo todo fixos pode parecer estranho e robótico. Uma dica é tentar se movimentar e aproximar algumas vezes seu rosto da câmera, simulando como se fosse um contato visual.

Há uma linha tênue entre um bom contato visual e parecer um serial killer – encarando seu interlocutor fixamente nos olhos. Existem algumas considerações culturais, dependendo de que lugar do mundo você está. De toda forma, uma boa regra que sempre funciona é manter o contato olhos nos olhos por no máximo 5 segundos. Depois desse tempo, quebre o contato visual, olhe brevemente ao redor, respire e reconecte o contato visual.

 

Sorria, mas não exageradamente

 

Alguns sorrisos durante a entrevista demonstram confiança. Por outro lado, o exagero pode soar como nervosismo ou forçação de barra.

O sorriso é uma ferramenta para mostrar que você é uma pessoa descontraída, agradável de se conviver, com um bom relacionamento interpessoal – são as doses de entusiasmo e confiança que você precisa transmitir.

 

Controle a agitação e o nervosismo

 

Todos nós temos pequenos “tiques” decorrentes do nervosismo da situação ou mesmo de manias. Eles são traduzidos em movimentos, gestos e hábitos involuntários. Na construção do vídeo esses comportamentos podem acabar sendo potencializados. Esses tiques precisam ser evitados e corrigidos durante a gravação.

Alguns gestos e comportamentos que são comuns no relacionamento pessoal e presencial, podem ser prejudiciais durante o vídeo. Por exemplo, balançar as mãos sem parar, mexer no cabelo, coçar o rosto, tocar as mãos e os dedos.
Muito comuns também são os tiques verbais, como pronunciar alguns sons – como por exemplo “éééé”, “hum” – repetidamente no final de cada frase.

Estamos falando de alguns hábitos que você pode nem notar que existem. Assim, a importância de rever a gravação para inspecionar esses detalhes. Grave e assista várias vezes. Faça a revisão com olhos críticos nesses pontos, corrija e refaça o processo. Na versão final com certeza seu vídeo estará muito mais perfeito.

A atenção desses detalhes somada a prática e a repetição é igual a um resultado final excepcionalmente superior. Você poderá quebrar esses hábitos típicos do nervosismo com um pouco de treino e preparação.

 

Otimizar seu posicionamento e sua postura

 

É necessário estar consciente que existe diferença entre a postura ideal numa entrevista presencial e outra por vídeo.

O mais comum são vídeos que não mostram corpo inteiro. Sendo assim você não precisa se preocupar com a posição das pernas. Uma posição confortável, centralizando as pernas acomodadas é suficiente. Certifique -se que você está posicionado em frente à câmera e que não está filmando apenas uma lateral do seu rosto.

Ajuste a altura da sua cadeira para garantir que você está centralizado na imagem – nem muito baixo nem muito alto. Encontre uma posição confortável para poder reclinar e aproximar sua imagem em relação a câmera.

 

Posição da câmera

 

Vale comentar que mesmo modelos fotográficos ou pessoas que trabalham com a própria imagem podem não parecer fotogênicas, se a câmera não estiver corretamente posicionada.

A dica para esse ponto é posicionar a lente da câmera suavemente acima da linha dos olhos. Assim, durante o seu contato visual com a câmera seu olhar será aberto e frontal. Ajuste a lente aproximadamente na altura do topo da sua cabeça.

 

Iluminação do ambiente

 

A iluminação é realmente muito importante. Mas não se preocupe, não é necessário ser profissional ou investir muito tempo ou dinheiro para obter um excelente resultado.

Você conseguirá um efeito visual muito bom posicionando duas luzes, uma de cada lado da câmera – como mostra a figura acima. Veja alguns truques no vídeo abaixo (créditos para a Wistia).

Dicas para uma boa iluminação

 

Background: O visual do ambiente

 

O visual do seu ambiente também é importante. O background deve ser neutro, essa é a recomendação. Evite qualquer tipo de informação visual no ambiente que possa trazer distração ou fazer qualquer tipo de apologia, seja política, religiosa, etc. Um poster “Legalize já” na sua parede não deve ajudar no seu processo de contratação.

A melhor opção é uma parede lisa ou com poucos elementos neutros atrás de você. Uma boa regra é manter uma distância de pelos meno 1 metro sua em relação ao seu background. Quanto maior a distancia melhor para que o foco da imagem seja você e não o ambiente onde está sendo gravado o vídeo.

 

Praticar é importante

 

Recomendamos criar um script completo do vídeo. Tenha anotado todos os pontos que serão apresentados, criando uma sequência lógica com início, meio e fim. Concentre-se em apresentar as suas habilidades, experiência acadêmica e profissional.

Sua missão é deixar seu público curioso, ou seja, interessado em conhecer mais a fundo sobre seu perfil. Assim, não é necessário contar a história inteira da sua vida. Remova todos pontos que fujam da essência da sua missão.

Prepare-se gravando e repetindo o processo várias vezes até conseguir colocar no vídeo as informações mais relevantes do seu perfil profissional, de forma fluída e objetiva. Treinar várias vezes será necessário. Pratique, pratique novamente. Siga praticando até atingir a perfeição.

 

Outros pontos de atenção

 

  • Velocidade: a velocidade da fala precisa ser fluída – não pode ser nem muito rápida nem muito lenta.
  • Usar gírias, acrônimos ou muitos termos técnicos específicos: seu vídeo vai comunicar com um público desconhecido. Portanto é bom que todos entendam tudo que está sendo dito.
  • Foco no conteúdo: Ressaltando novamente que o vídeo deve ser conciso e direto. Deve abordar seu perfil de forma ampla, deixando o entrevistador atraído para conhecê-lo melhor.
  • Não seja robótico: O que você precisa criar é um vídeo que realmente interaja com o receptor. Atingindo isso você irá impressionar no seu vídeo. Seu vídeo não pode parecer um entediante monólogo ensaiado. Um vídeo atraente tem que ser fluido – como durante um diálogo numa conversação.

 

O que não fazer?

 

Quer outras dicas do que não fazer no seu próximo vídeo? Veja um resumo bem-humorado aqui: https://youtu.be/HRHFEDyHIsc

Siga nossas dicas e prepara-se. A prática vai te levar a perfeição. E nesse caso isso pode significar conquistar o emprego do seus sonhos!

 

banner-candidato

Silvio Mendes

Silvio Mendes

Content Manager em GeekHunter
Silvio Mendes

Últimos posts por Silvio Mendes (exibir todos)

Veja também

Comentários

comentários

Cancelar