desenvolvedor-wordpress

Desenvolvedor WordPress: O que você precisa saber para se aventurar?

Um programador front-end ou back-end domina linguagens de programação e frameworks específicos, mas não necessariamente as ferramentas necessárias para criação de um site. É aí que um desenvolvedor wordpress se destaca.

Quando falamos na criação de um site, muitos programadores podem se imaginar codando linhas e mais linhas de código, porém um leigo não teria tanta facilidade. Para isso que existe o WordPress!

Nesse sentido, ele possui duas variações (que serão explicadas no decorrer do texto), onde podemos encontrar ferramentas de hospedagem de sites e de gerenciamento de conteúdo, que são diferentes e podem gerar certa confusão por levarem o mesmo nome do WordPress’.

Nesse guia, vou te ajudar a entender como a ferramenta funciona, sua variações e como colocar um site simples no ar! Vamos lá?

O que é o WordPress e para que ele serve?

O WordPress é um CMS. – Tá certo então, e o que isso significa?. Bem, meu caro Padawan, a sigla CMS vem do inglês Content Management System, que em português significa Sistema de Gerenciamento de Conteúdo.

Ou seja, é uma aplicação que permite criar, editar, gerenciar e publicar conteúdo, tais como fotos, textos, vídeos, áudios, produtos, serviços, entre outros. Tudo isso uma plataforma digital, podendo ser modificado, excluído e adicionado sem conhecimento de linguagens de programação.

O WordPress possui aditivos que são chamados de plugins, que por sua vez são como “módulos adicionais” para turbinar o já existente conjunto de ferramentas para criação/edição de conteúdo que o WordPress tem nativamente.

Ao longo desta sequência de orientações ao desenvolvedor WordPress, você irá entender e aprender porque esta é uma excelente escolha para criar desde um site pessoal, sites profissionais e até lojas virtuais.

Sim, queridos Padawans, podemos trabalhar e ganhar dinheiro com o WordPress!

O WordPress é licenciado sob a Licença Pública Geral (GPLv2 ou posterior), que fornece quatro liberdades básicas, vamos vê-las? Cá estão:

  1. Executar o programa para qualquer propósito.
  2. Estudar como o programa funciona e alterá-lo para que ele faça o que você deseja.
  3. Para redistribuir.
  4. Distribuir cópias de suas versões modificadas para outras pessoas.

Em resumo, ele é todinho seu e grátis, por isso, vamos abraça-lo com muito carinho! 😉

Os dois âmbitos do WordPress!

O WordPress é consumido. – Consumido? como assim? Não, fiquem tranquilos, vocês não terão que comer códigos e bytes, existem duas plataformas disponíveis, que podem ser consumidas, usadas e saboreadas.

Como um desenvolvedor wordpress, é fundamental que você entenda essa diferença para que consiga trabalhar de uma forma eficiente. Conhecendo os dois âmbitos, cosneguira tomar as melhores decisões quanto plataforma de hospedagem, domínio e CMS.

A primeira é no wordpress.com, que já oferece hospedagem gratuita, domínio gratuito vinculado ao wordpress.com e também a possibilidade compra domínios, do tipo .com, .net, .tech e muitos outros.

Domínio é um nome que serve para localizar e identificar conjuntos de computadores na Internet. Ou seja, o nome de domínio tem o objetivo de facilitar a memorização dos endereços de computadores na Internet.

Exemplo: wordpress.com e geekhunter.com.br.

A segunda maneira de consumi-lo é a plataforma em códigos, o core do WordPress que possui código aberto e gratuito. Você pode baixar pelo site oficial de distribuição em wordpress.org, e assim instalar no seu servidor ou host de hospedagem tranquilamente!

Vamos criar o nosso primeiro site como um desenvolvedor WordPress? Sim!

Agora, meus Padawans, acessando o wordpress.com, vamos clicar em “Comece Agora” no menu superior direito ou no botão ao centro da tela “Crie seu site”.

crie-seu-site

Logo após fazemos um cadastro simples, esse cadastro te dará acesso a todas as ferramentas do da plataforma online do WordPress. Ainda podemos fazer esse nosso cadastro usando uma Google ou Apple:

cadastrar-wordpress-com

Criação de um domínio para o seu site

Na tela seguinte, temos a parte de definição de domínios. Aqui, podemos escolher entre domínios gratuitos e pagos. Assim também, a plataforma online geralmente disponibiliza os domínios pagos com promoções e até mesmo o primeiro ano grátis na compra!

criacao-de-dominio

Ao escolher o domínio “godoyrw” na pesquisa, a plataforma online do WordPress me faz uma série de sugestões. – E eu sou obrigado a escolher uma delas? Sim você é, mas fique tranquilo, vamos usar um domínio gratuito, aquele vinculado ao domínio do wordpress.org.

escolha-de-dominio

Para isso vamos ao primeiro da lista que contém o termo “Gratuito”, e clicamos no botão Selecionar.

dominio-gratuito

Hora de escolher os planos para hospedagem do site

Feito isso, meus queridos Padawans, na seguinte tela temos a escolha dos planos. Não vamos entrar em detalhes dos planos da plataforma WordPress online neste momento, mas sim, temos que escolher um plano também!

E é mais que certo e lógico que nós vamos escolher o plano gratuito, mais uma vez! Eu posso ouvir um uhuuuu?! Uhuuuu!

Para isso vamos clicar em comece com um site gratuito, logo no topo da página ao centro!

planos-wordpress-com

Essa é a última etapa do cadastro na plataforma do wordpress.com. Em seguida, já somos redirecionados ao dashboard do site dentro da plataforma.

No entanto, hoje não vamos entrar em detalhes desse dashboard, pois o nosso foco é WordPress em si, e não a plataforma do wordpress.com, ok? Sigam-me os bons!

Pode parecer um pouco confuso nesse ponto WordPress x wordpress.com, mas vamos em frente que a jornada é gratificante.

O WordPress que gerencia as postagens é o CMS que foi citado no início do texto. O WordPress.com é uma plataforma de compra de domínio e hospedagem para o seu site.

Nesse sentido, o WordPress “gerenciador de conteúdo” já está instalado dentro do painel que controla os plugins. Tá compreendido?

Abaixo temos o dashboard da plataforma, onde podemos gerenciar todos os plugins que instalarmos em nosso site.

gerenciamento-de-pagina

Neste momento, o nosso site já está parcialmente publicado. Há somente um conteúdo genérico que somente nós podemos vê-lo.

Como um desenvolvedor WordPress deve encarar o SSL?

Ao acessar a URL do nosso site que escolhemos na lista de domínios, que no meu caso foi o http://godoyrw.wordpress.com, podemos ver que o site está parcialmente pronto!

Além disso, ele também possui o SSL instalado. – Ahhh, mais siglas! Calma lá, já vou te explicar!

O Secure Socket Layer, conhecido como SSL, cria um “canal” de troca de informações, criptografando essas mesmas informações entre o servidor de hospedagem ou host e o site em questão.

Isso garante integridade e privacidade na informação que é trocada por meio desse “canal”. Geralmente essas informações importantes são dados de cartão de crédito, transações bancárias e entre muitas outras!

Sendo assim, teremos a seguinte visão mágica de um site online e não programamos nenhuma linha de código!

visualização-site-nao-publicado

E agora vamos torná-lo público? Vamos lá.

Com o nosso site WordPress aberto, vamos clicar em “Lançar Site” no canto superior esquerdo.

lancamento-do-site-wordpress-com

Após o clique, novamente a wordpress.com nos tenta vender um domínio pago e um plano, mas não… nós vamos no café grátis!

Essa mensagem chega em ingês, basta clicar em Skip Purchase (Pular compra), e depois em Free Plan (Plano Grátis).

Por fim, somos redirecionados para a dashboard da plataforma wordpress.com com a seguinte mensagem:

aviso-site-lancado

Pronto, agora você já pode acessar o seu site em qualquer dispositivo, inclusive smartphones!

Por ora, você pode navegar pelo dashboard da instalação do nosso wordpress. Para isso, vamos acessar a Admin do nosso WordPress, ou seja, da nossa instalação do WordPress dentro da plataforma wordpress.com.

No menu à nossa esquerda dentro do dashboard da plataforma, teremos a opap WP Admin, e vamos clicar nela para abrir o dashboard da nossa instalação do WordPress.

menu-lateral-wordpress-com

Ao clicarmos no link WP Admin, iremos a tela abaixo. Este é o dashboard que nos interessa!

Este é o dashboard da nossa instalação do WordPress, a admin do nosso site! O WP Admin, ou só vamos chamar de Admin, é muito fácil e intuitiva.

painel-conteudo-wordpress

Mas e agora, como eu faço para colocar meu conteúdo, Godoy? Vamos com calma, meus caros amigos, vamos aprender a instalar o WordPress em um servidor primeiro, e configurá-lo!

No nosso próximo artigo, vamos aprender a instalar o WordPress de uma maneira diferente do explicado acima, sendo essa mais comum. Vamos aprender a configuração, aplicar um “Theme”, ou template, que vai dar forma, estrutura, cores, animações dos elementos do nosso site, para só depois iniciar a publicação de conteúdo.

Parte 2: Guia de WordPress para Iniciantes: Instalando e configurando

Sites famosos que usaram desenvolvedores WordPress

Além dos exemplos que vou trazer a seguir, o blog da Geekhunter também possui o Gerenciador de Conteúdo WordPress instalado!

Eles utilizam toda a estrutura gratuita do programa para organizar os conteúdos, estilizar as páginas, fazer alterações, responder comentários do blog e muito mais.

Por fim, vou deixar uma lista de grandes sites que tem como sua base estrutural o WordPress:

Nasa: projeto open.NASA, que tem como objetivo mostrar todos dados em aberto da agência especial.

Vogue USA: revista americana sobre moda e estilo.

Sony e Sony Brasil: a segunda maior gravadora da indústria fonográfica do mundo.

The New York Times Company: site corporativo de um dos jornais americano mais influentes do mundo.

The Rolling Stones: site da mega banda de rock internacional.

Katy Perry: site da cantora pop americana.

Beyonce: site da cantora R&B (Rhythm and blues) americana.

Espero que vocês tenham gostado dessa nossa primeira introdução ao poder do WordPress! deixem suas dúvidas, comentários e/ou críticas!

Um forte abraço digital a todos e venham para o lado WordPress da força!

Veja a parte 2 desse conteúdo em Instalar WordPress: Um Guia para Iniciantes

Compartilhar
You May Also Like