Skip to main content

Técnicas de Gestão em TI para reter e estimular talentos

Grande parte do sucesso de uma empresa está relacionado à qualidade e capacidade de seu capital humano, bem como ao seu grau de comprometimento.

Reter bons talentos e pessoal capacitado torna-se uma prática essencial para a melhor condução dos negócios.

Essas qualidades são importantes não apenas para a máxima produtividade (maior e melhor produção), mas também para a minimização de perdas.

Sob o aspecto empresarial, quando um colaborador passa a integrar a companhia, ele deve receber treinamento apropriado, conhecer a filosofia e os objetivos organizacionais, o que, consumirá recursos financeiros e humanos.

Então, também para a empresa, nada melhor que todo esse esforço seja transformado em resultados, sem desperdícios.

E o desafio está em como a companhia pode reter esses talentos tão primorosos e estimados.

Para tanto, a empresa precisa continuamente oferecer a motivação e os estímulos apropriados e, até mesmo, especiais para cada profissional, considerando suas características e anseios pessoais.

Existem algumas técnicas e rotinas que realmente permitem a retenção de talentos nas equipes. Quero apresentá-las ponto a ponto, de acordo com minha experiência,

Vamos juntos? 🙂

O que é valorizar um profissional?

Ter transparência na gestão

O que os colaboradores buscam não é apenas maior remuneração financeira.

A nova geração de colaboradores não tolera planos frustrados. Todos almejam melhorar. Então, seja transparente sobre as reais possibilidades dentro da empresa ou setor que lidera. Até onde um talento pode chegar? Diga isso a ele.

Acompanhar os profissionais

Siga de perto o desenvolvimento e pretensões de seus colaboradores. Conhecê-los melhor criará um vínculo muito mais genuíno.

Estimular o bom profissional sempre que possível

A chamada “Geração Y“, composta por profissionais nascidos entre 1980 e 1990, têm como característica marcante a necessidade premente de estímulo.

É necessário investir na capacidade desses colaboradores e criar um ambiente propício à inovação e desenvolvimento humano. É preciso criar projetos, metas e formas de valorizar os conhecimentos desses indivíduos.

O gestor de TI também precisa se adaptar

Não há outro caminho senão conhecer a realidade e adequar-se para extrair os melhores resultados.

Não se deve esquecer que as organizações hoje são compostas por diversas pessoas de variadas gerações: desde baby boomers, “geração X”, até os recentes millenials.

Em um grupo tão diversificado é ilusão acreditar que uma única proposta ou forma de atuação conseguirá engajar todos esses grupos, com histórias e expectativas tão diferentes, até mesmo opostas.

Conhecer cada uma dessas gerações e poder oferecer o que esperam, é o caminho para manter os melhores dentre os colaboradores.

Facilite a comunicação no time de TI

A comunicação organizacional — e de setor — deve ser clara e objetiva. Os colaboradores devem sempre ser comunicados quanto aos seus projetos, atividades ou departamentos.

Ter acesso a informação permite que o colaborador sinta-se parte importante do negócio e sabedor de suas próprias responsabilidades (um ótimo exemplo é a comunicação por e-mail de mudanças estratégicas de pessoas dentro da empresa ou, ainda, aquisições ou mudanças do negócio).

>>Leitura recomendada:
Como melhorar a comunicação do time de TI?

Oferecer planos de carreira

O constante estímulo deve ser seguido de um bom e efetivo plano de carreira e de remuneração. É necessário reconhecer um bom colaborador e mostrar a ele como sua carreira poderá progredir, como já falamos acima.

Os colaboradores devem conhecer muito bem a companhia e tudo que ela tem a oferecer, para seus clientes e colaboradores.

Eles precisam estar conscientes do que se espera deles e o que pode ser feito para alcançarem seus objetivos de crescimento dentro da organização.

Monte um bom ecossistema profissional

O que é um bom ambiente de trabalho?

Crie um ambiente agradável, produtivo e estimulante para sua equipe. Um ambiente saudável estimula os colaboradores a inovarem e serem mais produtivos.

O ambiente de trabalho desempenha um papel de destaque para reter talentos.

Por isso, muitas empresas disponibilizam academias, práticas de esporte em equipe, convênios com salões de beleza, encontros descontraídos e outras atividades que atraem a simpatia dos colaboradores.

As pessoas precisam sentir que o ambiente de trabalho é acolhedor e feliz.

Invista em estrutura física

Melhore o ecossistema de trabalho investindo em decoração (estrutura física) e clima organizacional (administração de pessoas).

Muitas vezes, a própria decoração e disposição do mobiliário sugerem que o local de trabalho é um ambiente frio e despersonalizado, o que contribui para que elas não se sintam realmente acolhidas naquele espaço.

Espaço humanizado = bom humor

Permita um certo nível de personalização e inserção de objetos que tornem o espaço mais humanizado.

Isso contribui para que as pessoas tenham a percepção de um ambiente receptivo e simpático.

Quando os profissionais sentem-se bem no lugar que trabalham, eles produzem melhor.

Ambiente de aprendizagem

Compartilhe conhecimento. Preocupe-se com a continuidade da formação dos profissionais.

Fomente grupos de estudos, troca de informações e crie um ambiente em que os colaboradores possam aprender e contribuir para aprimorar sua qualificação.

Investimento na equipe

Invista nos profissionais que já fazem parte de sua equipe. Promover a carreira de TI destas pessoas, ao invés de trazer outras pessoas é uma forma de valorizar o trabalho do seu time.

Como valorizar os profissionais de TI?

Reconhecimento das suas conquistas

Os colaboradores precisam constantemente saber que são importantes para a organização, que fazem alguma diferença. Depois de definidos os projetos e metas, os indivíduos devem sentir-se desafiados.

Sentimento de pertencimento

Os colaboradores precisam sentir que fazem parte da empresa e que são importantes para aquela função. Descubra o que faz seu colaborador sentir-se realmente valorizado.

Após isso, faça com que ele entenda que os resultados alcançados o tornam relevante para a empresa, aumente suas responsabilidades e dê votos de confiança.

Aposte em recompensas

Se o colaborador é motivado (também) por recompensas, aposte em designar tarefas, estabelecer metas e promover alguma gratificação, como uma viagem, um jantar.

Uma recompensa não precisa custar caro, o importante é a oferta.

Flexibilidade aos talentos

Existem profissionais não querem ou não conseguem, simplesmente, trabalhar 40 horas numa empresa, em horários e formatações rígidas.

Ofereça alternativas flexíveis de horário, ou opte por um dia de trabalho em home office.

Relação líder x liderado

Autoritarismo, pressão excessiva por resultados e competitividade desmedida repelem os talentos da sua empresa. Hoje não mais cabe essa dinâmica doentia de relacionamentos.

É fundamental a união dos colaboradores em torno de um propósito, um significado mais amplo para as tarefas do dia a dia.

Um ambiente assim garante um clima agradável que promove a felicidade, a satisfação, equilibrando o nível de estresse e impulsionando a produtividade de toda a equipe.

Favoreça o seu crescimento e desenvolvimento profissional

Colaboradores realmente talentosos podem ser inquietos, querendo sempre realizar mais, ter maior qualidade de serviços e ser reconhecido como referência no mercado.

Nesse caso, é preciso oferecer oportunidades de crescimento pessoal e destaque profissional: treinamentos, participação em convenções e a delegação de desafios fazem com que esse profissional sinta-se permanentemente estimulado.

Não os deixe ficar em zona de conforto

A monotonia das tarefas, a impossibilidade de vislumbrar oportunidades de crescimento e a necessidade de adequar-se a uma rotina sem possibilidades de inovação não são formas eficazes de reter talentos.

Educação corporativa

Um plano de educação corporativo bem elaborado é um dos pilares de sustentação da empresa. Integrar os negócios com um plano estratégico de educação pode garantir a retenção dos talentos na empresa.

Se possível, invista numa parceria com universidades ou escolas especializadas e incentive seus colaboradores nos estudos.

Todos saem ganhando com profissionais mais bem qualificados, reconhecidos e satisfeitos.

Intercâmbio de experiências

Incite seus profissionais a aprenderem uns com os outros. A troca de experiências pode ser muito produtiva tanto para os colaboradores quanto para a empresa e ainda ajuda na divisão do trabalho.

Remuneração

É preciso desenvolver planos de remuneração de acordo com o plano de carreira e, assim, valorizar os colaboradores conforme as responsabilidades e as metas assumidas, compatibilizando o mercado com a realidade da empresa.

>>Leitura recomendada:
Qual será o salário do programador esse ano?

Afinal, o que é uma boa gestão de TI?

No passado, a remuneração podia ser considerada o único atrativo para reter talentos, contudo, de hoje em diante, não será apenas isso que fará diferença nas relações profissionais (isso não quer dizer que não faça parte do processo!).

Cada vez mais, reter talentos em uma empresa faz parte de um processo de valorização dos colaboradores que deve ser constante e alinhada aos objetivos da organização. Até porque isso está diretamente ligado aos resultados do business!

Todos os seres humanos, independentemente da geração a que pertencem, precisam de constante estímulo, bom ambiente de trabalho, estabelecimento de metas e objetivos que possam ser alcançados, além de recompensas adequadas.

Técnicas de Gestão em TI para reter e estimular talentos
5 (100%) 7 votes