Trabalho no exterior: como é e como conseguir?

Trabalho no exterior: como é e como conseguir?

A popularidade do trabalho remoto fez aumentar muito a quantidade de empresas que encontram talentos de tecnologia, como desenvolvedores, em todo o mundo, ajudando candidatos super qualificados a serem encontrados por empresas de todos os tamanhos e setores.

O número de desenvolvedores empregados por empresas no exterior, particularmente as dos Estados Unidos e Canadá, tem aumentado bastante no Brasil nos últimos anos.

Como trabalhar em uma empresa de fora é um grande objetivo de muitos desenvolvedores não apenas no Brasil, mas em todo o mundo, fizemos uma parceria com a Hired para produzir este artigo e te informar sobre como é trabalhar em uma empresa internacional.

Por que empresas contratam aqui no Brasil?

O Brasil tem experimentado um tremendo crescimento nos últimos cinco anos.

Anteriormente, o país não era conhecido por sua indústria tecnológica ou por seus trabalhadores altamente qualificados, mas hoje em dia ele está quebrando o status quo.

Estamos falando não apenas em grandes rodadas de investimento, mas também com o interesse de empresas estrangeiras que procuram contratar talentos em tecnologia de ponta, tais como engenheiros de software, cientistas de dados, UX/UI designers e gerentes de produto (Product Managers).

O dramático aumento no número de startups com status de unicórnio e os bilhões em rodadas de investimento em startups como Nubank , Kavak, Rappi e Nuvemshop reforçam o fato de que esse fenômeno não acontece apenas no Brasil, mas em toda a América Latina.

Um mercado tecnológico forte ajuda a atrair funcionários brilhantes e atenção para o campo da engenharia de software, o que beneficia o crescente número de pessoas que desejam entrar na indústria e lançar novas carreiras.

Outro assunto importante relacionado ao negócio brasileiro de TI é a disponibilidade de trabalhadores talentosos.

De acordo com pesquisas da Daxx, a região da LATAM tem tantos trabalhadores altamente qualificados em tecnologia que atualmente é o local mais procurado pelas empresas de tecnologia norte-americanas para terceirizar seu trabalho de desenvolvimento de software, não apenas por causa de seus salários competitivos, mas também por causa de sua experiência.

Além disso, devido às atuais taxas de câmbio entre o real e o dólar americano (1 USD = cerca de 5 BRL), o Brasil se torna um alvo bem competitivos de empresas na América do Norte e Europa querendo contratar com salários abaixo dos praticados em seus países.

Do outro lado da história, trabalhar em uma empresa internacional, onde o funcionário praticaria o inglês diariamente, trabalharia em projetos maiores e seria pago em dólares ou euros, é extremamente atraente financeiramente para os maiores talentos em tecnologia do Brasil.

Coisas que você deve saber sobre um trabalho no exterior remoto

O que você precisa saber sobre um trabalho no exterior?

Você é um desenvolvedor que deseja saber como é trabalhar em uma empresa internacional? Você recebeu sua oferta e está analisando se é a decisão certa para se associar?

Aqui estão algumas coisas que você deve saber:

Diferenças culturais

O brasileiro médio tem uma cultura semelhante à dos trabalhadores da América do Norte: grande habilidade de comunicação, uma mentalidade pró-ativa e empreendedora, uma atitude trabalhadora e de resolução de problemas, e um jeito de encontrar novas e criativas maneiras de fazer as coisas.
Estas são características particularmente valorizadas nas empresas de tecnologia, onde muitas das situações e problemas são profundamente complexos de resolver e, por causa disso, o candidato se encaixará bem em empresas internacionais que valorizam tais características.

Um grande benefício de trabalhar em algumas empresas de tecnologia é um INPI aberto (ou INPI ilimitado, em alguns casos).

Existe alguma diferença de fuso horário?

Os clientes na América do Norte acharão isto bastante conveniente. Por exemplo, há apenas uma hora de diferença de fuso horário entre Nova Iorque e a maioria das cidades brasileiras, incluindo as cidades importantes como So Paulo e Rio de Janeiro.

Se sua organização estiver predominantemente sediada nos Estados Unidos ou Canadá, os fusos horários são um grande impedimento para recrutar desenvolvedores em lugares distantes como Ásia ou África, pois isso poderia colocar seriamente em risco a produtividade e a qualidade do produto a longo prazo.

A pesquisa do Dr. Philippe Ruiz da Kledge Business School descobriu que as “falhas nas comunicações” são responsáveis por 57% dos fracassos dos projetos.

Como regra geral, permita que trabalhadores remotos de regiões como a América Latina selecionem seus próprios horários de trabalho, desde que haja pouca ou nenhuma sobreposição com o resto de sua equipe.

Quando você tem algumas perguntas sobre um determinado tópico e não pode esperar alguns dias para ter uma reunião sobre ele, a comunicação assíncrona (como e-mails ou mensagens) é ótima.

Entretanto, se sua equipe não puder ter pelo menos uma reunião semanal durante esse período, problemas de comunicação e desalinhamento podem ocorrer rapidamente.

Como é o dia-a-dia em um trabalho no exterior remoto?

Metodologias ágeis e políticas de produtividade são utilizadas em empresas brasileiras, mas são adotadas em empresas americanas.

Na Hired, como a equipe de marketing continua a crescer, o uso da tecnologia em seu benefício é uma necessidade:

“Uma coisa que nossa equipe fez foi usar a função de Notas do Google Calendar para manter uma agenda aberta para a qual a equipe pode contribuir antes da reunião. Isto ajuda o grupo a manter-se no caminho certo e a saber o que esperar da reunião. Também nos permite economizar tempo para a diversão que agendamos em nossas reuniões regularmente para compartilhar slides divertidos, jogar jogos e fazer quebra-gelos.”

“Queremos ter certeza de que nossas reuniões permaneçam leves e divertidas, sendo ao mesmo tempo altamente intencionais. Estas coisas nos ajudam a encontrar esse equilíbrio.”

Sophia Koehl, Coordenadora de Parcerias da Hired.

Outra grande política que a Hired implementou é uma “sem vídeo às sextas-feiras”, quando os funcionários terminam seu dia às 14h de sua hora local. A GeekHunter também implementou uma política semelhante com a “GeekFoca” às quartas-feiras.

As reuniões podem ser bastante cansativas, podendo levar à fadiga extrema e ao esgotamento em alguns casos, portanto, empresas em todo o mundo estão tentando formas inovadoras de combater isso.

Tudo sobre salários: quanto de imposto e como receber

Quanto vou pagar de imposto no meu trabalho no exterior?

Isso pode variar muito, dependendo de seu contrato: você é um funcionário em tempo integral (CLT) ou um empreiteiro (PJ)? Você trabalha remotamente ou mora no país onde a empresa está localizada?

Se você está trabalhando no país (e não no Brasil remotamente), você é obrigado a pagar os EUA tributados por lei.

Para funcionários que vivem nos EUA, a quantia depende da localização do funcionário e existe um imposto federal sobre a folha de pagamento do empregador que todas as empresas são obrigadas a pagar.

Se você for contratado como um contractor para trabalhar remotamente (grande maioria dos casos), você pagará o equivalente como se fosse um MEI (ou ME).

Como eu recebo os salários do meu trabalho no exterior?

Outro aspecto a ser considerado é a frequência do pagamento, no Brasil a maioria das empresas paga mensalmente no início de cada mês, mas isso pode mudar dependendo do país da empresa.

Na Hired e em algumas outras empresas na América do Norte, os funcionários são pagos semestralmente (funcionários isentos como executivos), e os funcionários não isentos são pagos quinzenalmente.

Agora, quando falamos em receber seu salário do exterior e pagar MUITO menos impostos, recomendamos a Husky, uma das maiores empresas de transações internacionais da América Latina.

A Husky te ajuda com as menores taxas de transferência internacional do mercado!

Como faço para receber meu pagamento usando Husky?

Use Husky para receber seu salário do trabalho no exterior com as menores taxas!

Desde a criação de uma conta até o recebimento de qualquer pagamento internacional, todo o processo é on-line, não importa onde você esteja.

Após terminar a inscrição (demora menos de dois minutos) através do aplicativo ou website da Husky, você receberá uma conta em várias moedas para gerenciar facilmente os pagamentos em todo o mundo, sem taxas ocultas ou spread bancário.

Compartilhe os detalhes – IBAN, código SWIFT, nome do banco, entre outros – com a empresa que o contratou, e pronto. É possível receber o valor em dólares americanos, euros ou qualquer outra moeda.

Quando o dinheiro chegar ao Brasil, a Husky te notificará. Então a plataforma converte o pagamento para Reais e o envia rapidamente diretamente para qualquer banco brasileiro.

Normalmente leva de um a dois dias úteis, mas pode chegar até cinco dias úteis durante um feriado no país de origem. Você pode fazer até 10 saques por dia, com um limite de 30 saques no prazo de um mês.

Os empregos são como PJ (contractor) ou empregado em tempo integral (CLT)?

Esta é uma das perguntas mais comuns que recebemos na GeekHunter, juntamente com se as vagas de emprego são para trabalho remoto ou no local/híbrido.

Em termos de modelos de contratação, algumas empresas dão a opção ao novo funcionário de escolher o que é melhor para eles, mas a maioria dos empreiteiros e empresas de desenvolvimento preferem o contratante devido a impostos mais baixos e menos burocracia para ambas as partes.

Por outro lado, como empregado em tempo integral, o desenvolvedor precisaria pagar muito mais impostos, mas estaria protegido pela lei brasileira: FGTS, pacote de indenização, transporte e subsídios para alimentação.

Legal! Como posso criar um CNPJ?

Um CNPJ funciona como uma identificação do contribuinte para qualquer pessoa que inicia um negócio no Brasil (incluindo freelancers) e ajuda o governo a rastrear os lucros de uma empresa para fins fiscais.

Ele consiste em um número de 14 dígitos que permite abrir uma conta bancária, buscar empréstimos e emitir faturas.

O primeiro passo para criar um CNPJ é descobrir o tipo de empresa que você irá registrar e qual regime fiscal se aplica a ela de acordo com as leis brasileiras.

Freelancers e empreiteiros, por exemplo, geralmente começam como uma MEI, que significa Microempreendedor Individual.

Acesse o Portal do Empreendedor para iniciar o cadastramento. Preencha alguns detalhes, tais como nome da empresa, endereço, atividades relacionadas (CNAEs) e regime tributário.

Uma vez que você complete sua inscrição (apenas alguns minutos), você receberá seu CNPJ. Não leva muito tempo, mas pode variar de um lugar para outro.

Vale notar que, dependendo de sua localização, mais passos podem ser necessários, os quais você pode verificar com a Prefeitura de sua cidade.

Trabalho no exterior: remoto ou no local (escritório)?

Trabalho no exterior: remoto ou no local (escritório)?

Quando falamos de modelos de trabalho, a grande maioria das empresas prefere contratar remotamente para não apenas tornar a oferta salarial mais atraente para os candidatos do exterior, mas também evitar burocracias em termos de permissão de trabalho e visto, bem como pacotes de realocação.

Outro grande aspecto a considerar é a flexibilidade de trabalhar a partir de casa e à distância. Você não só evitaria aborrecimentos diários como custos de tráfego e transporte, mas também poderia trabalhar de outros países e em horários de trabalho flexíveis.

Na maioria das empresas de tecnologia, desde que você entregue o que está alinhado com seus líderes e participe de reuniões,

A recolocação é, no entanto, uma opção após alguns anos na empresa. Depois de provar seu valor lá e até mesmo obter uma promoção, você poderia pedir para se mudar para o país onde a empresa está localizada.

Opinião de um funcionário

Cláudio Ramos é engenheiro sênior de software que foi contratado pela Geek em uma das vagas abertas na Hired, nossa parceira neste conteúdo! Ele entrou em maio e está adorando desde o primeiro dia.

Em nossa live “Como ser contratado por uma empresa internacional”, ele falou muito sobre sua experiência na Hired e quais foram os principais aprendizados em sua jornada.

Primeiro, Cláudio deixou claro que ele usa o inglês o tempo todo e o dia todo, e não há como contornar isso e dar “um jeitinho”.

Mas isso não é uma coisa ruim: ele menciona que se você praticar muito, dentro de alguns meses, falar em inglês direto (e não traduzi-lo primeiro para o português em sua mente) começará a ser muito mais natural.

Sobre as diferenças culturais, Cláudio nos disse que não existem grandes diferenças. As mais notáveis foram as reuniões e o planejamento: as reuniões diárias em empresas dos EUA costumam ser muito mais diretas ao ponto e não há muito tempo para falar de assuntos pessoais.

Cláudio foi um pouco mais longe e disse que se você já trabalha em uma empresa de tecnologia que usa metodologias ágeis como o scrum, você verá que não há grandes diferenças na maneira como as empresas operam e planejam suas atividades semanais e mensais.

Se você quer ver a live na sua íntegra e saber mais sobre as oportunidades internacionais da Geek é só clicar aqui ou na thumbnail acima!

Você deveria trabalhar no exterior remotamente?

Enquanto brasileiros e americanos têm diferenças culturais, você não notará nenhuma importante ou super perceptível.

Trabalhar em uma empresa dos EUA ou Canadá é uma enorme oportunidade não só para praticar seu inglês em um ambiente de trabalho, mas também para dar o próximo passo em sua carreira financeira e profissional.

Mas ainda há algumas coisas a serem observadas: o modelo de contratação, como você receberá os pagamentos, a cultura da empresa, mas esperamos que este guia lhe ajude quando você precisar dele.

Como conseguir um trabalho no exterior remoto?

Se você já está trabalhando para uma empresa do exterior, parabéns! Ficamos felizes pelo seu sucesso. Recomendamos a Husky para receber seu salário com as menores taxas do mercado!

Recentemente, criamos dois conteudos riquíssimos no nosso blog sobre como escrever um currículo em inglês e como se preparar para entrevistas com empresas americanas.

Recomendamos a leitura!

Se você está se preparando para se candidatar a vagas internacionais, na GeekHunter estamos cheios de vagas! Desde front-end, até back-end e full-stack. Para visitar o job board, clique aqui. É só visitar a sua vaga preferida e se aplicar!

A GeekHunter também é parceira da Hired, a forma mais eficiente de encontrar uma tecnologia ou uma função de vendas que você ama hoje.

Com idéias imparciais, ferramentas DEI, avaliações de habilidades e dedicados Gestores de Experiência do Candidato, a Hired trabalha com mais de 10.000 empresas em todo o mundo para conectar milhares de candidatos ativos e qualificados para empregar todo o seu potencial.

Compartilhar
You May Also Like